Uso de contêiner na arquitetura por arq. Anselmo Oliveira Jr

Neste episodio o Arq. Anselmo Oliveira do Grupo AMA, fala um pouco do projeto Impulso Park e de como foi utilizar contêineres neste projeto.

Clique no Play e aproveite!

transcrição

Meu nome é Anselmo Oliveira Junior, arquiteto, e hoje vou apresentar para vocês o complexo de contêineres do Impulso Park.

Este espaço, foi feito para nos divertir, pra brincar, sorrir, vir com a família. A gente tem um lema no escritório, que é o seguinte: tudo que a gente faz é tentando se divertir. Curtir aquilo que se está fazendo, fazer com amor, esse parque é um reflexo disso. Eu acho que a gente conseguiu colocar todo este conceito do escritório neste projeto.

Foi dado a principio uma liberdade, só que pra tudo a gente tem alguns limites. Então, eu tenho um limite dentro de um projeto, e dentro destes limites eu tento abstrair ao máximo para ter um bom produto. A ideia é que contenha, que mexa, mesmo que a pessoa não utilize o parque, que mexa com o público lá fora.

A gente tratou a arquitetura, por mais que ela seja em primeiro plano, nós trabalhamos com a questão “preto”, para poder trazer o colorido de uma forma um pouco mais em evidência. Então tudo o que você vê no parque, todos os pontos, são pontos como se fossem arte.

Tudo o que você vê no parque, todos os pontos, são pontos como se fossem arte

A ideia era que também tivesse, diferentes pontos de iluminação, diferentes formatos. Por mais que seja algo muito aberto, que criasse pontos diferentes em cada espaço.

O uso de contêiner na arquitetura…

O contêiner ele vem de um passado legal referente ao escritório com 5 anos de formado, hoje a gente tem 12, chama-se A Arquitetura, vem da equipe A.M.A que é: Arte, Música e Arquitetura. Então tudo que você vê referente ao projeto esta atribuído a uma música de fundo, tem a questão da arte, e da arquitetura de uma forma muito incisiva.

O que temos em mente que é possível fazer muito com o que parece ser pouco, a primeiro momento o contêiner parece ser pouco. Mas e o que dá para fazer com isso? Ah quase nada! Mas ele é mágico, dá pra fazer muita coisa com ele, dá para morar, para trabalhar, estudar, ele é super flexível, fácil de locomover. Então, essa ideia do contêiner, atribuída de uma forma certa na questão do projeto, a gente tem uma arquitetura muito rica a ser apresentada.

Um exemplo que é possível habitar, morar, se divertir, em lugares inusitados como este, a prova é que a simplicidade pode ser luxuosa.

Sobre a Tropo Bella:

A Tropo Bella é uma loja de revestimentos nobres com mais de 80 anos de tradição, de estilo vanguardista que aposta no bom gosto para decorar a casa, sendo amante da boa arquitetura e de suas nuances. Sempre oferecendo produtos de alta qualidade, das melhores marcas do mercado e sempre com os melhores preços.

Serviço:

Arquiteto Anselmo Oliveira Junior

Grupo AMA / A Arquitetura

11 99238-2306

Instagra.com/aarquitetura_sp_brasil

Site: aarquitetura.org

bota_fora_banner_porcelanato